Anselmo Ralph - Ciúmes

Anselmo Ralph




Ciúme

 Anselmo Ralph

 

 

Dama, deixa de ciúmes

Tu te queixas e assumes que tenho várias

Começas com as queixas do costume

Baby, pausa

A confiança é o que nos une

Fica calma

Senão relação se resume

Pára de ler as mensagens

Não confias em mim

A três semanas que tentas decifrar o meu pin

Conflitos e gritos deixam o meu ouvido aflito

Baby Stop!

Dama preciso ver isto

Cessa por um segundo

Peço-te que por um segundo tu confies em mim

Esqueces de todo o mundo

Disseste que eu tinha sangue de player nas veias

Mas só tu tens a paixão que o meu coração anseia

 

Tu estás farta de saber que tu és a minha número um

Mas insistes em dizer que tempo eu não te dou nenhum

É que pensas que eu ando por ai atrás de um rabo de saia

Sinceramente eu gostaria de saber quem te disse que eu sou player

 

Telefona sempre para saber onde é que eu estou

Desconfiada queres saber com quem eu estou

E a toda a hora perguntas a onde vou

E se vou, com quem eu vou

Não me deixas em paz por um segundo

E fazes ciúmes de todo o mundo

Ficas a bisbilhotar no meu telefone

Isto não está certo não, não

 

Refrão:

Miúda não é por nada

Mas precisas de ir com calma

Senão os teus ciúmes vão magoar

O nosso amor

Vai ser para nosso bem

Se confiares um pouco em mim

Senão os teus ciúmes vão magoar

O nosso amor

 

E basta veres-me acompanhado ficas trombuda

Se for amigo é má companhia

Se for amiga é guerra

Eu te dou atenção mas parece que me esforço em vão

Pois estás sempre a reclamar

Estás sempre a me cobrar

Parece que tu queres me escravizar

 

Telefona sempre para saber onde é que eu estou

Desconfiada queres saber com quem eu estou

E a toda a hora perguntas a onde vou

E se vou, com quem eu vou

Não me deixas em paz por um segundo

E fazes ciúmes de todo o mundo

Ficas a bisbilhotar no meu telefone

Isto não está certo não, não

 

Ah moças

De volta e meia a mesma história

Ah moça

Acaba com essas cenas ilusórias

A nossa

Relação vai morrendo aos poucos

E há coisas

Que fazem qualquer um entrar em louco

Sufoco quando ligas a cada cinco minutos

Se continuas assim

Terás de arranjar um substituto

Que alinhe

Nesses teus joguinhos mesquinhos

Que queira saber

Onde e se sozinho caminho

Dá-me espaço

Não controles os meus passos

E tão pouco o que eu faço

Porque assim só magoas

Não discutas nosso amor na frente de outras pessoas

E não ajas como se fosses a minha patroa

Querendo que eu faça só

O que te apetece

E quando eu tento a mesma coisa

Facilmente te aborreces

Então dama o melhor é ir com calma

Senão o leite derrama

E a nossa tocha perde a chama

 

Refrão (3x):

Miúda não é por nada

Mas precisas de ir com calma

Senão os teus ciúmes vão magoar

O nosso amor

Vai ser para nosso bem

Se confiares um pouco em mim

Senão os teus ciúmes vão magoar

O nosso amor




Comentar