Yola Semedo - A Única

YOLA SEMEDO
YOLA SEMEDO



A Única

 

Brinca comigo, me fazes delirar
Tu és um castigo, teu amor é veneno
Ninguém quer viver assim, ohh não
Tu pisas no meu êgo
Contigo não há paz, não há sossego
Não não não não...ohhh não não não
Sei que existem outras por ai...
Quantas vezes eu lutei por acreditar no nosso amor....
Tu pisas no meu êgo baby
E nada justifica a humilhação
Mas quanto mais aprontas mais te quero...
Que posso fazer se, só ele me faz feliz, meu doce veneno...
Que viciada eu..

Eu sei que não sou a única, eu sei...
Mas quando tou contigo baby só eu sei, o que sinto em mim...(o que sinto em mim)
Eu sei que não sou á única
Mas quando estou contigo baby só existe tu e eu, tu e eu, tu e eu...

Eu sei que a minha acção não tem moral, eu sei, eu sei...
Me deixa crazy...bem crazy baby
Ninguém quer viver assim ohhh não...
Tu pisas no meu êgo, contigo não há paz não há sossego não não não....

Então não adianta mais tentar
Eu ja tentei e sei que não sou capaz não...
Só quero o que meu baby me faz
Com ele vou ficar...vou ficar ai aiiii...vou ficar...oohhhh

Eu sei que não sou a única
Mas quando tou contigo baby, só eu sei o que sinto em mim...
Eu sei que não sou a única...
Mas quando estou contigo baby só existe...só eu sei por isso eu tenho fé...
Mas tenho fé que um dia tudo vai mudar (só meu)...
Vais ser só meu (só meu)
Vais ser só meu (tu serás só meu ohhh)
Eu tenho fé que um dia tudo vai mudar (tu serás só meu uhhh yéeeee)...

 


Comentar