Riquinho justifica-se: “Bonga é um fantoche”


Bonga é um fantoche e que já deveria ganhar juízo com a idade que tem, tentou ludibriar-me, fazendo aproveitamento pelo facto de o trazer para Angola com todas as despesas pagas e cantar para um outro sítio, recebendo 50 mil dólares, sendo eu a assumir as despesas de transporte, bilhete, cachet e hospedagem, uma prática que ao longo dos anos, muitos músicos fizeram comigo, inclusive o Bonga.

Eu tirei-lhe da UNITA para o MPLA

Os músicos têm muito destas vigarices, trago-os para Angola com contratos teóricos na base da boa-fé e de amizade, postos cá cantam nos meus espectáculos e depois fazem outros contratos sem eu receber nada, como mandam as normas contratuais para esse tipo de serviço, desta vez disse basta, não fui na conversa do Bonga que já tinha tudo preparado para cantar para o reveillion e depois ir cantar, como cantou na festa do Dr. Carlos Feijó, sem eu receber nada, só assim justifica ter sido ele a pagar o seu próprio bilhete de passagem e do Betinho Feijó, irmão de Carlos Feijó, Bonga se for honesto consigo próprio ao invés de propagar esta notícia tendenciosa deve é pagar-me 25 mil dólares, porque se o nosso acerto sobre a sua vinda foi de, entre os 15 e 20 mil dólares, Bonga não tem que ir cantar a mais sítio nenhum sem o meu conhecimento e, principalmente, em festas privadas, e se o fez deve pagar-me metade do valor do cachet.

O pior ainda é mesmo quando é uma festa privada, que é um luxo, se Bonga foi contratado por mim para vir cantar no reveillion não tem que fazer aproveitamento e ir cantar na festa de aniversário do Sr. Carlos Feijó.

Vistas bem as coisas o Sr. Bonga não tinha que me cobrar mais dólares nenhuns, ainda teria que me pagar uma indemnização de cerca de 500 mil dólares por abuso de confiança e o Sr. Carlos Feijó, como jurista, o sabe muito bem. Se quiser trazer Bonga para a sua festa de aniversário que custeasse todas as despesas.

Assim sendo, vou mover um processo de difamação e aproveitamento, porque esta notícia do Club K é claramente de campanha contra a minha pessoa. A razão está do meu lado: se Bonga aceitou vir a Angola, pagando o seu bilhete e receber o cachet aqui em Luanda, deveria aguardar que isso acontecesse, porque ninguém o amarrou ou obrigou a vir a Angola nestas condições, veio de livre vontade como das mais de dez vezes que já o trouxe a Angola em condições similares e nunca houve problema algum.

Desta vez, como o nosso mais velho tinha um trunfo na manga, partiu para o descalabro público para me esforçar a pagar-lhe, pensando ele que eu não sabia que Bonga tinha ido cantar para o aniversário do Sr. Carlos Feijó.

Bonga para além disto foi usado para fazer campanha contra mim, uma vez que das várias pessoas visadas nas notícias do jornal Continente, Bento Bento e Carlos Feijó, conscientemente aparecem nas notícias e é fácil depreender que Bonga esteve a ser usado para retalhação, só que Bonga esqueceu-se que já sabíamos da sua participação na festa do Sr. Carlos Feijó, por isso demos tempo ao tempo para ver como as coisas terminariam.

Trocando em miúdos, a razão está do meu lado, quem traiu a confiança foi Bonga, que mesmo que houvesse algum problema de atraso para quem já o trouxa a Angola muitas vezes, para quem já o pagou o maior cachet da história dos músicos angolanos, cem mil dólares, para alguém que já o pagou cerca de meio milhão de dólares ao longo das vários vindas a Angola, há cerca de 20 anos, para quem o trouxe para o MPLA, tirando-lhe da UNITA, para quem lhe deu dignidade, para quem lhe deu novamente abertura para a sociedade angolana, para quem o levou a ser recebido pelo Presidente da República de Angola, Bonga devia ter mais consideração e respeito e não prostituir-se por meros dez ou 15 mil dólares.

Bonga, para além de ser um fantoche é um...

Ver mais no Radio Cultura Angolana




Comentar